22 de abr de 2013

Tara Oceans Polar Circle


A PARTIR DE MAIO DE 2013, TARA REALIZARÁ UMA CIRCUM-NAVEGAÇÃO DO OCEANO ÁRTICO DE 25000 KMS EM SEIS MESES PELA PASSAGEM DO NORDESTE E NOROESTE COM FINS CIENTÍFICOS E EDUCACIONAIS. ESTA EXPEDIÇÃO INTERNACIONAL CONTARÁ COM A COLABORAÇÃO DOS PAISES BANHADOS PELO DA OCEANO ÁRTICO, EM PARCERIA COM A FUNDAÇÃO PRÍNCIPE ALBERTO II DO MÔNACO E DE AGNES B.



ABORDAGEM CIENTÍFICA PARA A EXPEDIÇÃO
Todos os pesquisadores e institutos envolvidos na Tara Oceans 2009-2012 (a expedição anterior de Tara) irão acompanhar o projeto, m colaboração com laboratórios canadenses e especialistas Ártico russo. Durante a última expedição de Tara Oceans, apenas o Oceano Ártico havia falhado no esforço realizados para coletar plâncton em todos os oceanos do mundo. E extremamente importante comparar a biodiversidade do Ártico com a biodiversidade de outras regiões oceânicas no contexto das grandes mudanças que estão ocorrendo nesta área. Durante o verão de 2012, o gelo do mar Ártico derreteu de uma maneira nunca vista em alguns milhares de anos. Tara Oceans Research Polar Circle em 2013 será realizada na borda do gelo, onde o plâncton é a atividade biológica são mais intensas. Além desta abordagem biológica, outras questões específicas serão abordadas no oceano Ártico com uma abordagem química e oceanográfica. O objetivo é entender a vulnerabilidade da biodiversidade polar às atividades humanas, tais como o derretimento do gelo polar que impacta no ecossistema marinho, e como a poluição interfere nessas áreas remotas. A equipe experiente de pesquisadores formada desde 2009, a abordagem coletiva de estudo ecossistema abrangente e o material ainda disponível, combinado com a experiência de logística científica polar que Tara Expeditions possui, são fatores-chave que garantem o sucesso da expedição.

CONTEXTO
Esta missão irá contribuir para o esforço internacional de estudar o ecossistema Ártico antes de uma mudança provável no regime climático, fornecendo dados de referência sobre o estado ecológico das águas polares. Através da nossa presença, pretendemos sensibilizar os políticos e a comunidade empresarial e aumentar a conscientização sobre as questões ambientais mais urgentes no Ártico, bem como os problemas enfrentados pelas pessoas que habitam o Círculo Polar Ártico. Para alguns, a abertura de rotas marítimas, o desenvolvimento da navegação, possibilidades de pesca são incentivos económicos, para outros isso representa um risco ecológico. O desenvolvimento sustentável no Ártico está em cima da mesa de discussão.




AS PESSOAS 
Etienne Bourgois, presidente da Tara Expeditions
Romain Toublé, Secretário Geral de Tara Expeditions
Loic Vallette, capitão de Tara e da sua tripulação
Chris Bowler, Responsável Científico - Porta-voz (ENS / CNRS)
Eric Karsenti, Responsável Científico (EMBL / CNRS)
Gaby Gorsky, Responsável Científico (CNRS),
Marcel Babin, Responsável Científico (U Laval, CNRS)
Colomban de Vargas, Responsável Científico (CNRS / UPMC)
Emmanuel Boss, Responsável Científico (U of Maine)
Jean-Claude Gascard, Responsável Científico (CNRS).
E todos os coordenadores científicos da Tara Oceans.
Stefanie Kandels-Lewis (EMBL), Logística científica.

PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO 
- Um correspondente permanentemente a bordo que garantirá um seguimento da expedição em direto através do envio de documentos vídeo, fotos e texto pela Internet e redes sociais.
- parcerias com meios de comunicação social.
- Tara Journal no final da expedição.
- Produção de programas de TV
- Dispositivo de educação Tara Júnior

PARCEIROS 
Fundo agnès B.,
Fundação Príncipe Alberto II de Mônaco
Cidade de Lorient
CNRS,
EMBL
Genoscope,
Takuvik (LAVAL & CNRS)
Shirshov,
NASA
e laboratórios do consórcio OCEAN.

Sob o patrocínio de François HOLLANDE, Presidente da República Francesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário